• RMF

‘É um momento irreversível’, diz Mano Brown sobre sucesso de negros


‘É um momento irreversível’, diz Mano Brown sobre sucesso de artistas negros

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mano Brown foi um dos destaques da primeira noite do Rock in Rio 2019. O líder do Racionais MC's armou um baile black no palco Sunset nesta sexta-feira (27) e recebeu no palco a lenda americana Bootsy Collins.

O groove, o funk e o soul com muito suingue tomaram a noite no penúltimo show da programação do Sunset, que teve uma escalação apenas de artistas negros. "É um momento irreversível. Ficamos muito tempo escondidos e agora estamos vindo com força", diz o cantor à reportagem sobre essa ascensão.

Brown afirma admirar Bootsy, baixista referência do funk e do soul e que já trabalhou com James Brown, Parliament, Funkadelic e Deee-Lite. "Passa um filme na cabeça, foi emocionante", afirma o rapper sobre a parceria.

A base do show foi o disco "Boogie Naipe", lançado por Brown em dezembro de 2016.Eles se apresentaram antes do britânico Seal, que contou com a participação especial da baiana Xenia França. "Posso dizer sem nenhuma modéstia que atualmente as coisas mais interessantes são feitas por artistas negros", afirma ela.

A carioca Lellê, ao lado da luso-brasileira Blaya, foi a responsável por abrir os trabalhos no Sunset.

Na sequência veio Karol Conka, com uma parceria com Linn da Quebrada e Gloria Groove.Linn da

Quebrada pediu "o fim do genocídio da população negra". Karol entoou um "fogo nos racistas".

"É muito mais do que representatividade, que é importante. A gente consegue ser um motor e impulsionar outras ações", diz Linn da Quebrada.O Rock in Rio continua neste fim de semana -sábado (28) e domingo (29)- e volta na quinta (3), com fim no domingo (6) na Cidade do Rock, montada no Parque Olímpico (zona oeste do Rio). cred:noticiasaominuto


1 visualização

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line