• RMF

Em Salvador, banda Didá faz homenagem a criador do samba-reggae


Grupo percussivo formado só por mulheres, a banda Didá foi criada em 1994 por Neguinho do Samba, que também foi um dos principais nomes do Olodum

JOÃO PEDRO PITOMBO (FOLHAPRESS) - Primeira atração a desfilar neste sábado (2) em Salvador, a banda feminina Didá prestou uma homenagem ao músico e mestre de bateria Neguinho do Samba, um dos criadores do samba-reggae que morreu há 10 anos, em 2009.

Grupo percussivo formado só por mulheres, a banda Didá foi criada em 1994 por Neguinho do Samba, que também foi um dos principais nomes do Olodum. Uma das alas do bloco, batizada de "Renascendo Neguinho do Samba" trouxe um grupo de crianças que saiam de dentro e tambores.

A Didá também homenageou outras personalidades negras como Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada no ano passado, o cineasta norte-americano Spike Lee, além de nomes do candomblé e do movimento negro na Bahia. O bloco Didá volta a apresentar-se no circuito do Campo Grande na segunda-feira (4). cred:noticiasaominuto


2 visualizações

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line