• RMF

Jornalista demitida após licença médica fala sobre doença: 'Extrapolei'


Izabella Camargo foi diagnosticada com síndrome de burnout, que, segundo ela, é efeito do seu trabalho de madrugada na 'TV Globo'

A jornalista Izabella Camargo, demitida da 'TV Globo' logo após ser diagnosticada com síndrome de burnout, revelou detalhes da doença em entrevista ao programa 'Você Bonita', da 'TV Gazeta', nesta quarta-feira (12).

De acordo com a profissional, os horários que trabalhava na emissora teriam causado o problema.

A jornalista contou que tentou diversas terapias. “Fiz muitas terapias alternativas, psicólogas, cuidando de dentro e de fora. Muita respiração e meditação. Além de tomar café, energético, procurei um endocrinologista e comecei a tomar remédio para me dar mais energia. Não me orgulho disso porque foi a pior coisa que eu fiz. Eu ultrapassei o meu limite para dar conta do que eu não tinha controle. Extrapolei o meu limite", avaliou.

Segundo Izabella, médicos afirmaram que a falta de horas de sono era um grave problema para ela. “Comecei a ter crises de choro, crises nervosas. [Pensei] 'Ué, mas eu faço meditação todo dia, pilates, RPG, uso floral... Por que estou tendo taquicardia?'".

Fotodivulgação

Izabella Camargo trabalhou na 'TV Globo' por seis anos. No último mês, atuando no 'Hora 1', ela tinha de acordar à 1h da manhã para se preparar para o jornal. A jornalista foi demitida da empresa assim que voltou de uma licença médica.

#IzabellaCamargo

13 visualizações

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line