• RMF/Valéria Blanco

“Moacir - O Santista que conquistou os argentinos” estréia nos cinemas


Documentário se mistura com a realidade e a imaginação do personagem .

Realidade e Imaginação se misturam no documentário “Moacir – O Santista que conquistou os argentinos”, de Tomás Lipgot.

O filme conta a história do cantor e compositor brasileiro Moacir dos Santos, que desfruta de sua liberdade depois de ter vivido durante anos no hospital psiquiátrico Borda, em Buenos Aires.

Não fosse a vocação para a música, sua vida teria passado em branco. Autor de inúmeros sambas, tangos, marchas de carnaval e boleros, Moacir deixa Santos, sua terra natal, e migra para Buenos Aires em 1982, perseguindo seu sonho: triunfar como cantor na terra de Carlos Gardel.

Mas termina no Hospital Borda diagnosticado com esquizofrenia paranóica.

Fotoreprodução

Exemplo de força, Moacir irá atrás do sonho de filmar seu próprio filme. Assim, da mão do diretor argentino Tomás Lipgot, o cinema inunda a tela, na qual Moacir será quem ele é, representando suas fantasias e seus , medos sem julgamentos em um ato de cura audiovisual.

Com estreia confirmada para 8 de novembro, em todo o Brasil, “Moacir – O Santista que conquistou os Argentinos” foi exibido em diversos festivais ao redor da América do Sul como BAFICI (Argentina), Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, em 2017 e In-Edit Brasil, em 2018.

Fotoreprodução

O documentário é uma coprodução entre a brasileira Miração Filmes e a produtora argentina Duermevela, com apoio do Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales (INCAA), Agência Nacional do Cinema (ANCINE) e Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Acompanhe o filme nas redes sociais:

Facebook.com/MoacirFilme

Instagram.com/miracaofilmes

Sobre o diretor:

Produtor e diretor de cinema. Fundador da produtora Duermevela SRL. Nascido em Neuquén, em 1978, estudou na Univerdade de Cinema e Escola de Música de Buenos Aires.

Dirigiu oito curtas-metragens e os longas-metragens "Casafuerte" (2004), "Fortalezas" (2010; com Christoph Behl), "Ricardo Becher, recta final” (2011), "Moacir" (2011), "El árbol de la muralla" (2012) e “Vergüenza y Respeto” (2015).

Fotoreprodução

Todos seus trabalhos participaram de mais de 200 festivais de cinema, recebendo diversos prêmios e reconhecimento. Atualmente se encontra trabalhando no filme de animação “Gilgamesh” e no documentário “Yo dono rosas oro no doy (Palíndromos)”.

Além disso, está produzindo o documentário “Marta Show” de Bruno Lopez e Malena Moffat, e a ficção “Los Elegidos” de Daniel Gimelberg.

Festivais

  • 41 Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

  • BAFICI 2017 - Sessão “Artes”

  • In Edit Brasil – Festival de Documentário Musical

  • Festival Construir- Categoria de longa-metragem nacional

  • MARFICI 2017- Sessão “Introspectiva”

  • Festival de cine de las alturas, categoria de documentário internacional

  • 34 Festival Internacional de Bogota, Colombia, categoria de documentário internacional

  • FENAVID, Santa Cruz de la Sierra, Bolivia, categoria de documentário internacional

Sinopse curta

“Moacir - O Santista que conquistou os argentinos” (2017, 91 min, Argentina-Brasil, Doc) do diretor argentino Tomas Lipgot Moacir dos Santos é um

cantor que aproveita sua liberdade depois de viver durante anos em um hospital psiquiátrico.

Ele alimenta o sonho de realizar seu próprio filme. Ao lado do diretor Tomas Lipgot, Moacir representa suas fantasias e seus medos em um ato de cura audiovisual.

Lançamento Nacional:

08/11 - São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília e Porto Alegre

15/11 - Santos (SP)

Novembro: Curitiba (PR), Salvador, (BA), Belo Horizonte (MG), entre outras cidades.

Por Valéria Blanco - SP

ATTi Comunicação e Ideias

Colaboradora na RMF/OnLine

#Moacir

3 visualizações

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line