• RMF

Sophia Alckmin volta a falar do vitiligo: 'Aumentou bem'


A doença caracteriza-se pela diminuição ou falta de melanina (pigmento que dá cor à pele) em certas áreas do corpo

Sophia Alckmin, filha do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, usou seu Instagram para falar abertamente sobre vitiligo, doença que causa despigmentação da pele. Ela já havia anunciado que tinha a doença, na mesma rede social em setembro do ano passado, mas em post feito neste domingo (6), fez um desabafo e confessou que a doença tem aumentado.

"Já que as minhas manchinhas são cheias de simbologia pra mim... além do coração no punho eu tenho asas entre os olhos (ainda não consegui pensar em nada nas manchas da boca, queixo, orelhas). Eu decidi começar um tratamento para ao menos tentar “estacionar” o vitiligo. Passei uns 2 anos com ele só nas mãos mas de alguns meses pra cá ele aumentou bem. Algumas das manchinhas já viraram parte de mim, vejo como se fosse uma tatuagem, gosto delas. Mas confesso que no rosto (especificamente as asas ) me incomoda bastante, até porque além do vitiligo ainda tenho melasma. Ainda não tenho novidades do tratamento mas prometo que se der certo eu compartilho todos os detalhes aqui!!! #vitiligo #vitilindos #manchinhasdasophia"

Doença

Vitiligo caracteriza-se pela diminuição ou falta de melanina (pigmento que dá cor à pele) em certas áreas do corpo, gerando manchas brancas nos locais afetados. As lesões, que podem ser isoladas ou espalhar-se pelo corpo, atingem principalmente os genitais, cotovelos, joelhos, face, extremidades dos membros inferiores e superiores (mãos e pés). O vitiligo incide em 1% a 2% da população mundial. cred:noticiasaominuto


0 visualização

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line