• RMF/PD-Caroline

Encontros em redes de relacionamento já superou outras formas de paquera


Coaching de relacionamento dá dicas para o primeiro encontro

De acordo com pesquisa do YouGov, 60% dos brasileiros entrevistados participam de redes de relacionamento, destes, 92% gostam de conhecer pessoas através dos aplicativos.

A cada semana, acontecem cerca de um milhão de encontros no Brasil. O comportamento sexual e amoroso está passando por uma revolução, de acordo com a matchmaker e fundadora do site Meu Patrocínio, Jennifer Lobo, as mudanças têm traços positivos e negativos, “A possibilidade de escolha é infinitamente maior, pessoas que nunca se encontrariam, agora podem se conectar através das redes, isto é positivo”.

Segundo ela, uma das mudanças de comportamento diante dessa quantidade de opções é que a tolerância com os defeitos do outro diminuiu. “Antes da era virtual, nem sempre os primeiros encontros eram incríveis, mas as pessoas se dedicavam a conhecer melhor o parceiro, até se envolver. Hoje, a desistência é mais fácil.

Quando percebem os defeitos no outro, já partem para outras opções disponíveis no mundo do online dating.” Para ter mais assertividade no primeiro encontro, Jennifer Lobo separou algumas dicas importantes que ajudam na análise do relacionamento. Vale investir em algo mais sério ou não?

E quanto às perguntas constrangedoras? O que deve ser evitado?

  1. Por que você ainda está solteiro (a)? Você estará sugerindo que há algo errado em ser solteiro e que deve haver algo de estranho com a pessoa. Lembre-se que pode ser uma opção e que nem todos estão à procura de um relacionamento sério.

  2. O que houve de errado entre você e seu ex? É sempre melhor evitar perguntas que remetam a emoções negativas neste momento. Quando for adequado, o seu date vai falar.

  3. Você tem medo de comprometimento? As pessoas se comprometem com quem elas desejam, pode ser que não seja você, por uma questão de afinidade. Se for alguém que nunca se compromete, você vai descobrir através de outros sinais. Segundo a matchmaker Jennifer Lobo, quem quer se comprometer “procura, propõe, fala sobre si, sobre como se sente em relação ao outro e fica disponível. Você percebe se a pessoa demora muito a responder, nunca tem tempo, dá respostas evasivas. Tudo é uma questão de tempo, em um mês você já consegue ter alguma ideia sobre isto, mas não logo de cara”.

  4. Como foram os seus relacionamentos anteriores? Em um primeiro encontro, não vale ficar querendo saber como os antigos relacionamentos terminaram. Vocês estão lá para se conhecer. Não leve o fantasma de uma terceira pessoa à mesa.

  5. Você está enfrentando algum problema atualmente? Não incentive reclamações sobre a vida pessoal ou profissional. É maçante ouvir alguém que você nem conhece direito se lamentando grande parte do tempo.

Em um primeiro encontro, busque o olhar do outro, repare na linguagem corporal e demonstre interesse por aquilo que está sendo dito. Procure ouvir mais e com atenção. Seja você mesmo, mas com moderação. Aproxime-se, não afaste o outro com perguntas muito indiscretas. Se perceber que a pessoa sente-se incomodada com determinado assunto, não insista. Aproveite o momento, mas com sensatez!

Sobre Jennifer Lobo

Filha de empresários brasileiros, nascida nos EUA, graduada pela Auburn University, Alabama, com especialização em Comunicação e mestrado em Relações Públicas. Certificada pelo Matchmaking Institute, empreendedora, fundadora e CEO da plataforma de Relacionamentos,

www.meupatrocinio.com.

Autora do livro “Como Con$eguir um Homem Rico”, escrito em conjunto com Regina Vaz, terapeuta de casais.

Por Caroline - RJ Colaboradora na RMF/PortalDestaque

#Encontro #relacionamento #paquera #matchmaker #JenniferLobo

13 visualizações

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line