• RMF/ PD - Mara Silva

“CAPITÃES DA AREIA – O MUSICAL”


O jovem ator Wagner Cavalcante ganha personagem desafiador em musical.

Com uma carreira de sucesso, assim se resume o romance CAPITÃES DA AREIA, de Jorge Amado, hoje uma das obras mais apreciadas pelos seus leitores, tanto no Brasil quanto no exterior.

O Ator raspa o cabelo para da vida ao personagem "Sem perna" .

A estreia será no próximo dia 18 de Maio no teatro Glaucio Gill em Copacabana, o romance de Jorge Amado "Capitães da Areia" o espetáculo todo musicalizado, com os atores tocando diversos instrumentos, trás o ator Wagner Cavalcante, que faz um dos personagens mais desafiadores da sua carreira: "O Sem perna é meu novo filho, entrei no susto e já me apaixonei completamente pelo espetáculo e pelo Sem perna e pelo elenco, raspar a cabeça pra mim foi desafiador", diz Wagner.

O importante para a construção do personagem além de raspar a cabeça é que Wagner teve que reaprender a andar com a deficiência do personagem.

o livro publicado em 1937, marcou época na vida literária brasileira. A partir de então, sucederam-se as edições, nacionais e em nove idiomas estrangeiros, e as adaptações para teatro, rádio, televisão e cinema.

Wagner Cavalcante - Fotodivulgação

Verdadeiro relato sobre a vida dos meninos abandonados nas ruas de Salvador, Jorge Amado a descreve em páginas carregadas de uma beleza, dramaticidade e humor poucas vezes igualados na literatura brasileira.

Como não tocar num assunto como esse ainda tão atual nos dias de hoje? Hoje estamos nós ainda discutindo a intolerância religiosa, a maioridade penal, o descaso das autoridades... A adaptação musical para o teatro, sem perder o caráter crítico social do livro, narra a história de forma romântica, bem humorada e cheia de aventuras de nove garotos e uma menina, além dos personagens secundários, mas fundamentais.

Em “CAPITÃES DA AREIA – O MUSICAL”, seus pequeninos heróis estão em busca de algo que os faça transcender a condição em que vivem.

FotoDivulgação

Para isso os nove garotos contam com a ajuda do Padre José Pedro, do casal Sr. Raul e D. Éster que acolhem um dos meninos como filho, da mãe de santo Dona’Aninha que cuida de todos, do dono de um carrossel que lhes dá emprego e a oportunidade para que, apesar da precocidade, os Capitães da Areia demonstrem traços infantis muito fortes.

A encenação proposta pela direção é uma plasticidade realizada pelo ATOR.

Com um palco nu, treze atores interpretam 40 personagens importantes dentro da dramaturgia musical; cantando, dançando e executando as músicas originais compostas especialmente para este espetáculo.

Apesar de narrar a situação de meninos desamparados, o texto termina de forma positiva, pois Jorge Amado concentra no personagem Pedro Bala toda sua crença na força do homem, em seu poder para modificar o destino, não só lhe chamando a atenção para as mazelas sociais, como também lhe indicando o caminho da redenção.

SERVIÇO

CAPITÃES DA AREIA – O MUSICAL

Local: Teatro Glaucio Gill Praça Cardeal ArcoVerde – s/n – Copacabana Rio de Janeiro - (ao lado do Metrô)

Datas: de 18 de Maio a 11 de Junho de 2018 Sextas e Sábados às 21h. – Domingos e Segundas às 20h.

CURTA TEMPORADA

Duração: 90min

Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (estudantes, menores de 21 anos, idosos e promoções)

Classificação etária: aconselhável para maiores de 14 anos

Contatos:

Facebook https://www.facebook.com/ciarepertorioteatromusical

Instagran @ciateatromusical @capitaesomusical

Marcello Caridade (diretor geral)

Rhaiany Soares (direção de produção)

Email: ciarteatromusical@gmail.com

Por Mara Silva - RJ

Assessoria de Imprensa e Comunicação

Colaboradora na RMF/PortalDestaque

#CAPITÃESDAAREIA #CAPITÃES #AREIA #JorgeAmado #WagnerCavalcante

14 visualizações

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line