• RMF

Guillaume Henry deixa o comando artístico da grife Nina Ricci


O inverno 2019, apresentado no mês de março em Paris, fica como sua última coleção na maison

A grife francesa Nina Ricci anunciou na última quinta-feira (15) a saída do seu diretor artístico, Guillaume Henry. Ele estava há três anos a frente da maison.

Guillaume Henry assumiu a o comando da grife em janeiro de 2015, após sucesso na Carven. Como ressaltou a 'Vogue', o inverno 2019, apresentado no mês de março em Paris, fica como sua última coleção na casa.

Sem sucessor imediato, a marca também anunciou que novos lançamentos serão assinados por uma equipe interna.

A Nina Ricci faz parte do grupo espanhol Puig, detentora também da Carolina Herrera e Paco

Rabanne.

História

Maria Nielli nasceu em Turim em 1883. Quando criança ganhou o apelido de "Nina". Ao se casar com Luigi Ricci, que veio de uma família de fabricantes de jóias florentinas, ela se tornou Nina Ricci.

A Maison Nina Ricci foi fundada por Maria Ricci e seu filho Robert em Paris, em 1932. Sua precisão de corte e escolha de materiais nobres rapidamente fizeram da Maison um sucesso. Agora localizado na 39 Avenue Montaigne, a Maison foi adquirida em 1998 pelo grupo espanhol PUIG, o distribuidor de perfume da marca. Hoje, a família Puig continua a perpetuar a herança patrimonial e criativa da Maison. cred:noticiasaominuto

#GuillaumeHenry

0 visualização

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line