• RMF/Fernanda Teixeira

Canto da Ema – programação entre os dias 22 e 25 de Fevereiro


Casa oferece a maior programação de shows e ritmos nordestinos.

Na próxima semana a casa de cultura nordestina Canto da Ema apresenta trios e grupos musicais que, com influência dos mestres Luiz Gonzaga e Dominguinhos, fazem a alegria dos amantes do forró.

A casa oferece a maior programação de shows do gênero em todo país. Pelo Canto da Ema já passaram nomes como Dominguinhos, Elba Ramalho, Alceu Valença, Zeca Baleiro e Falamansa.

Quem vai ao Canto da Ema tem um programa completo. Além da boa música, casa conta com bar temático que tem cardápio inspirado nos sabores do Nordeste. Por isso, atrai tanto os forrozeiros de raiz, quanto os estrangeiros que querem conhecer um pouco mais da culinária e sonoridade brasileiras.

Confira a programação entre os dias 22 e 25 de Fevereiro:

22 de Fevereiro, a partir das 20h30 – Quinta-feira:

Trio Dona Zefa - lançou em Julho de 2017 seu quinto trabalho, Eu Gosto Desse Assunto.

Trio Dona Zefa - Fotodivulgação

Os artistas apostam no estilo tradicional, com forte influência do baião, do xaxado e xote. Ao lado do acordeonista Tom Silva, os irmãos Ramalho tocam forró pé de serra de Luiz Gonzaga, Genival Lacerda e Dominguinhos, abrindo espaço também para composições próprias.

O grupo começou em Campinas e, em pouco tempo, conquistou o Brasil e também o exterior - fez turnês pela Inglaterra, Noruega, Portugal, Itália, Suíça, Bélgica, Holanda e Israel.

23 de Fevereiro, a partir das 22h30 – Sexta-feira:

Bicho de Pé - Com 19 anos de carreira, é um dos grupos mais festejados do forró universitário.

Bicho de Pé - Fotodivulgação

Os artistas são especialistas em ritmos dançantes do Norte e Nordeste como xote, baião, forró, xaxado e maracatu. Além de canções autorais, o grupo inclui no repertório desde clássicos de Luiz Gonzaga e até versões de Raul Seixas.

A discografia reúne 4 CDs, além de 2 DVDs, 1 documentário e 8 turnês fora do Brasil. Com Carla Casarim nos vocais, Clayton Gama no acordeon, Daniel Teixeira no baixo, Potiguara Menezes na guitarra e Chica Brother na zabumba e bateria.

24 de Fevereiro, a partir das 22h30 – Sábado:

Rastapé - O Rastapé é um dos grupos mais festejados do forró universitário. Surgiu em São Paulo em 1999.

Rastapé - Fotodivulgação

Tico (cordas e arranjo), Seu Jorge (sanfona) e Jorge filho (vocalista) possuem seis CDs na discografia e uma série de shows nos Estados Unidos no currículo.

No repertório apresenta composições do vocalista, como Colo de Menina, Amor de Rastapé e Forró Universitário, além de sucessos de outros autores, como Beijo Roubado (Danilo Moraes, Rodrigo Castilho e Teté) e Pra Gente Vadiar (Zé Ramos), Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga.

25 de Fevereiro, a partir das 19h – Domingo:

Mestrinho

Mestrinho - Fotodilvulgação

- O acordeonista toca acompanhado por Vinicinho Magalhães (zabumba), Michael Pipoquinha (baixo), Léo Rodrigues (percussão), Thiago dos Santos (cavaco) e Elton Moraes (triângulo).

Desde pequeno foi influenciado pela música de Sivuca, Oswaldinho do Acordeon, Hermeto Pascoal, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Gilberto Gil, Milton Nascimento e Dominguinhos (com quem tocou por três anos).

Com Gilberto Gil, embarcou em turnês em festivais de jazz na Europa, Israel e Uruguai e participou do CD Gilbertos Samba. Com Elba Ramalho, fez turnês nacionais e internacionais.

Programação completa: www.cantodaema.com.br

SERVIÇO

Local: Canto da Ema

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 364 - Pinheiros, São Paulo. Telefone: (11) 3813-4708

Valores: Quarta e Quinta – R$ 28,00 – (Inteira)

Sex-Sáb e Domingo: R$ 38,00 – (Inteira)

Na bilheteria são aceitos cartões de débito e dinheiro.

Capacidade: 450 lugares.

Serviço de vallet: R$ 20,00

Sobre a casa Canto da Ema

Desde que foi inaugurada, há 15 anos, a casa de cultura nordestina Canto da Ema tem proporcionado ao público o melhor do ritmo, da recente nova safra do forró e, por vezes, consagrados nomes do gênero como Dominguinhos, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Chico Cesar entre outros.

Com variada programação de quarta a domingo e em todas as vésperas de feriado, todos os amantes, simpatizantes e iniciantes do ritmo encontram um aconchegante ambiente, área externa aberta e com teto móvel, atendimento de primeira, excelentes instalações sanitárias, cozinha e bar.

No comando do Canto da Ema está Paulinho Rosa. A casa tirou seu nome de uma música homônimo de João do Vale, que teve como principal intérprete Jackson do Pandeiro.

Produtor, ele trabalha com forro há quase 25 anos. Identificado como o precursor do forró universitário, hoje é curador do palco forró da Virada Cultural.

Fernanda Teixeira - SP

ColFernanda Teixeiraaboradora na Revista Mundo da Fama On Line

#CantodaEma

8 visualizações

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line