• RMF

Moda evangélica dribla crise e faz sucesso na internet


“Tive muito problema para me vestir quando era mais nova. É muito difícil achar peças para gente em lojas convencionais”, conta Renata Castanheira

Você já ouviu o termo “moda evangélica”? Basta colocar no Google para ter uma enxurrada de referências, contas no Instagram e pessoas discutindo sobre o assunto. Ao contrário da maioria das lojas que se retraíram por conta da crise econômica do Brasil, as voltadas ao segmento evangélico estão com tudo.

“Tive muito problema para me vestir quando era mais nova. É muito difícil achar peças para gente em lojas convencionais”, conta Renata Castanheira, conhecida no Instagram como Crente Chic, ao UOL Estilo. A blogueira tem mais de 82 mil seguidores e lembra que “Só há dez anos, começaram a surgir marcas gospel. Agora, todo dia, nasce uma loja nova”.

De acordo com a Abrepe (Associação Brasileia de Empresas e Profissionais Evangélicos), o segmento de moda evangélica cresce cerca de 14% ao ano. Para Renata, isso acontece porque “Crente não gasta dinheiro com outra coisa que não seja roupa para ir à Igreja. O público evangélico é muito consumista nesse sentido”. cred:noticiasaominuto

#Modaevangélica

1 visualização

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line