• RMF

11 dicas de sobrevivência para foliões no Carnaval


Para checar a programação de blocos ou mesmo aproveitar os dias de descanso longe da festa, é importante manter uma alimentação balanceada e hidratação constante

O feriado de Carnaval é muito esperado por foliões e também por aqueles que pretendem aproveitar os dias para viajar e manter distância dos blocos e festas. No entanto, a combinação entre as altas temperaturas e os dias livres podem resultar em consequências pouco agradáveis, além da famosa ressaca. Para sobreviver a esse feriado tão esperado, a MAPFRE Saúde dá dicas para aproveitar ainda melhor o Carnaval.

Antes de ir às ruas, é indicado que o folião tenha feito ou faça um check-up médico. Uma simples consulta e exames preventivos evitam dores de cabeça longe de casa, especialmente em destinos em que há calor excessivo. No entanto, mesmo sem passar por uma consulta médica prévia, o uso do protetor solar é indispensável. Aliado a roupas leves e chapéus, ele pode prevenir as queimaduras solares e garantir que todos os dias de feriado sejam bem aproveitados.

As festas e os dias livres são um incentivo ao consumo de bebidas alcoólicas, mas é importante ter cuidado com os excessos. O abuso pode levar à desidratação e à piora de quadros como gastrite e outras inflamações. Por isso, é importante manter o organismo hidratado com a ingestão frequente de líquidos – água, de preferência, além de sucos naturais e chás.

A alimentação equilibrada também será uma importante aliada na programação das festas ou mesmo do descanso. Quem tiver uma programação concorrida fora de casa deve evitar alimentos de difícil digestão ou de procedências duvidosas. Itens expostos à temperatura ambiente durante longo período ou preparações com molhos e embutidos têm grandes riscos de provocar intoxicação alimentar. Por isso, antes de sair de casa, o folião pode ingerir pratos leves, com fibras e ingredientes que promovam saciedade.

Frutas da estação também podem estar presentes no lanche do meio da tarde, ou mesmo na bolsa de quem for para a praia ou para as ruas.

Muitas cidades espalham banheiros químicos nos locais de grande concentração de blocos e festas, que acabam salvando muitos foliões do aperto. Para evitar o contágio com doenças ou bactérias provenientes do uso coletivo, vale a pena carregar uma espécie de kit higiênico, com papel e álcool gel, para a utilização dos locais com mais segurança.

Para que o clima de festa também favoreça encontros seguros, é importante que os foliões tenham preservativos sempre à mão. Muitos deles são distribuídos por redes públicas de saúde e estão disponíveis em lugar de grande circulação, o que aumenta a chance de prevenção. Por fim, algumas horas de sono serão fundamentais para que os dias sejam melhor aproveitados.

“É importante ter pausas para que o corpo se recupere dos excessos e também para garantir uma boa saúde nos dias pós-feriado”, diz Claudio Tafla, diretor da MAPFRE Saúde. “O conceito de prevenção deve estar presente de maneira constante em nossas vidas, sempre contribuindo para que possamos aproveitar bem períodos de festa e de descanso”. cred:noticiasaominuto

#Carnaval

3 visualizações

   ®2020 by Revista Mundo da Fama On Line